Arcoverde registra 13ºC e frio bate recorde no interior de Pernambuco

As cidades do interior de Pernambuco costumam registrar baixas temperaturas durante o inverno. Porém, os termômetros vêm marcando números mais baixos em 2019. As noites e madrugadas de cidades como Caruaru, Garanhuns e Arcoverde tem sido bem mais frias.

Na madrugada desta quarta-feira (17), foram 16,2°C em Caruaru, no Agreste. Esta foi a temperatura mais baixa registrada no ano na cidade, de acordo com a Agência Pernambucana de Águas Clima (Apac). A média histórica do mês para a cidade é de 17,3°C.

Em Garanhuns, a temperatura mais baixa de julho foi 14,8°C, enquanto a média do mês é 16°C. Já em Arcoverde, no Sertão, a temperatura caiu ainda mais. Foram 13,1°C registrados em julho, enquanto a média é de 16,7°C. Em Petrolina, também no Sertão, a temperatura mais baixa do mês foi 18,8°C (a média é 19,5°C). A média é feita com os valores registrados durante o mês nos últimos 30 anos.

ne10

Acompanhe a rodada do Campeonato Bezerrense de Futsal – 2ª Divisão

Zenit aplica a maior goleada e se classifica para a próxima fase do futsal

A noite desta terça-feira, dia 16, foi trágica para o torcedor do Bahia que entrou em campo com amplas possiblidades de passar a segunda fase do Campeonato Bezerrense de Futsal 2ª Divisão bastando uma simples vitória contra os azulinos do Zenit , que jogava pelo empate. E até que o tricolor entrou em campo disposto e teve alguns bons momentos, mas o Zenit não quis saber e começou a marcar uma sequência de gols e ao final do jogo o placar marcava 7X0 para o time azul, que alcançou a classificação como segundo lugar da Chave B e enfrentará o Tio Sam, primeiro da Chave C, nas quartas de final, sexta-feira, dia 19.

São José conquista segunda vaga da Chave C com goleada sobre o Cruzeiro

Bastando apenas um empate para assegurar sua classificação a próxima fase da competição, o time do São José, cumpriu bem o seu papel e partiu pra cima do já desclassificado time do Cruzeiro, pela Chave C, abrindo o placar logo no início do jogo; mesmo assim o time do Cruzeiro ainda empatou, mas em seguida veio o segundo gol do São José que depois foi marcando mais até chegar ao placar de 5X1; no final do jogo o Cruzeiro ainda descontou e o placar ficou mesmo em 5X2. Na próxima fase o São José, segundo da Chave C vai jogar contra o Olímpia, primeiro lugar da Chave B, quinta eira, dia 18.

Irmã Júlia X Chelsea fazem jogo de 11 gols, com vitória da Irmã Júlia por 7X4

No último jogo da primeira fase do campeonato, as equipes da Irmã Júlia e Chelsea entraram na quadra disputando a segunda vaga da Chave D, com o time laranja precisando da vitória para conseguir o feito, só que o time da Irmã Júlia foi mais eficiente e conquistou uma vitória por 7X4, em partida disputadíssima. Com o mesmo número de pontos do São Rafael, o time do Salgado, ficou em segundo lugar na Chave D pelos critérios de desempate e vai enfrentar , quinta-feira, dia 18, o Conexão primeiro da Chave A e único time a obter 100% de aproveitamento.

Tabela das quartas de final

Quinta-feira, dia 18 de Julho

1º Chave A X 2º Chave D Conexão X Irmã Júlia 19.30h

1º Chave B X 2º Chave C Olímpia X São José 20.30h

Sexta-feira, dia 19

1º Chave C X 2º Chave B Tio Sam X Zenit 19.30h

1º Chave D X 2º Chave A São Rafael X Giva 20.30

Jogos na quadra do RADAR.

Reunião faz balanço do São João 2019

Chegou ao fim mais um ciclo de festejos juninos e o município de Bezerros comemora o sucesso das festividades através dos números do evento. Mais de 120 mil pessoas de vários lugares do Brasil escolheram a cidade para curtir o São João em 2019, gerando uma ocupação de 100% na rede hoteleira. Foram movimentados aproximadamente cinco milhões de reais e mais de 500 empregos diretos e indiretos.

Ao todo, foram realizados 138 shows em mais de 50 localidades distintas. Só na Serra Negra apresentaram-se 37 bandas no Palco Principal e mais 21 no Palco Cultural. Nos bairros se apresentaram 19 atrações, enquanto em outras localidades, espalhados pela cidade e nos arraiás das escolas do município, foram mais 61 shows.

A lei nº 565 de setembro de 2007, que exige que a contratação de 70% das atrações sejam locais, foi respeitada. No fim, 81,2% das bandas que se apresentaram no São João 2019 de Bezerros são da própria cidade. O respeito a este decreto garante muito mais que um incremento extra na economia local, proporciona também a valorização do artista do município, fazendo com que os músicos se apresentem na sua terra natal.

Finalizado o ciclo junino, o foco agora são os futuros eventos do município. O próximo será o 16º Moto Fest, que será realizado de 9 a 11 de agosto no Centro. É importante destacar que a Secretaria de Turismo e Cultura, em parceria com o Governo do Estado, está reformulando o calendário anual de eventos do município.

Ministério da Saúde suspende contratos para fabricar 19 remédios de distribuição gratuita

O Ministério da Saúde suspendeu, nas últimas 3 semanas, contratos com 7 laboratórios públicos nacionais para a produção de 19 medicamentos distribuídos gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Documentos obtidos pelo Estado apontam suspensão de projetos de Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo (PDPs) destinados à fabricação de remédios para pacientes que sofrem de câncer e diabete e transplantados. Os laboratórios que fabricam por PDPs fornecem a preços 30% menores do que os de mercado. E já estudam ações na Justiça.

Associações que representam os laboratórios públicos falam em perda anual de ao menos R$ 1 bilhão para o setor e risco de desabastecimento – mais de 30 milhões de pacientes dependem dos 19 remédios. A lista inclui alguns dos principais laboratórios: Biomanguinhos, Butantã, Bahiafarma, Tecpar, Farmanguinhos e Furp.

Além disso, devem ser encerrados contratos com oito laboratórios internacionais detentores de tecnologia, além de laboratórios particulares nacionais. Isso porque cada laboratório público, para desenvolver um produto, conta com dois ou três parceiros. Depois, esses laboratórios públicos têm o compromisso de transferir a tecnologia de produção do medicamento ao governo brasileiro. Essa lista inclui referências da indústria como a GlaxoSmithKline Brasil Ltda. (GSK) e a Libbs, além de Oxygen, Nortec, Biomm, Cristália, ITF, Axis e Microbiológica Química e Farmacêutica Ltda.

Procurado, o Ministério da Saúde informou que as PDPs continuam vigentes. Segundo a pasta, foi encaminhado aos laboratórios um ofício que solicita “manifestação formal sobre a situação de cada parceria”. O órgão federal ainda informou que “o chamado ‘ato de suspensão” é por um período transitório”, enquanto ocorre “coleta de informações”.

Estadão