Programa de Saneamento Ambiental da Bacia do Ipojuca é apresentado na Prefeitura

Técnicos da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) estiveram na Prefeitura de Bezerros nesta quarta-feira (12) para apresentar o Programa de Saneamento Ambiental da Bacia do Ipojuca que objetiva a implantação do sistema de esgotamento na cidade. Um projeto que vai custar R$ 200 milhões de reais oriundos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Governo do Estado.

A obra contempla outras cidades do agreste, a exemplo de Tacaimbó onde o sistema já foi concluído e está em pleno funcionamento. Em Bezerros a previsão de início é agora no segundo semestre com a elaboração do projeto e o trabalho social nos bairros onde terá início o serviço. Serão construídas seis estações elevatórias com a implantação de mais de 60 mil metros de rede coletora para tratamento e descarte correto dos dejetos, beneficiando mais de 50 mil habitantes.

A preocupação ambiental também é muito forte. Paralelo ao sistema de esgotamento sanitário, caminha também o projeto “Janelas Para o Rio”. Um espaço que será construído às margens do rio Ipojuca com área verde, reflorestamento, equipamentos de lazer, esporte e convivência, também financiado pelo BID.

Antes das obras, equipes designadas pela Compesa farão um trabalho de mobilização social, adentrando nas residências e conversando com moradores sobre as melhorias do sistema de tratamento de esgoto. O prazo para a conclusão será no final de 2020.

Facebook Twitter Email