TSE aponta 17 possíveis irregularidades nas contas de campanha de Bolsonaro

A área técnica do TSE fez os apontamentos e recomendou que o Ministro relator dê o prazo de três dias para que o presidente eleito apresente documentos que esclareçam a investigação. Entre os problemas estão as possíveis doações de campanha e irregularidades, cumprimentos de prazos, a falta de pagamentos e contratos ilegais. a exemplo da empresa que fez captação de doações pela internet.

A equipe de Bolsonaro informou ao TSE que a campanha não pagou conteúdo impulsionado pela internet. Ouça na reportagem da CBN.

Facebook Twitter Email