Nossa equipe mostra como ficou interior da casa onde família morreu

Com exclusividade, nossa equipe teve acesso ao interior da residência onde uma família morreu na noite deste domingo em decorrência de um incêndio.

Bombeiros e equipe de perícia estão no local investigando a causa do incêndio. A suspeita é de que um curto circuito possa ter provocado o fogo.

As vítimas foram Carlos Pereira de 25 anos, sua esposa Wenny Oliveira de 24 anos que morreram no local. As crianças uma de três meses e outra de dois anos chegaram a ser socorridas por policiais, mas não resistiram.

Incêndio deixa quatro pessoas mortas na noite deste domingo em Bezerros

Um incêndio foi a causa da morte de quatro pessoas em uma mesma casa na noite deste domingo (31) em Bezerros. De acordo com informações da Polícia Militar que chegou de imediato ao local, era por volta das 23h30 quando vizinhos deram conta que uma casa na Travessa Evaristo Veiga, centro, estava pegando fogo.

As vítimas foram um casal de 26 e 24 anos e duas crianças, uma de dois anos e outra de apenas três meses de vida que ainda chegaram a ser socorridas, mas não resistiram.

Policiais militares ao chegar na residência se depararam com muita fumaça e conseguiram arrombar a porta, mas o fogo já havia consumido boa parte da casa. Segundo os bombeiros, há a possibilidade do incêndio ter se iniciado no quarto onde dormiam as crianças, mas só a perícia poderá esclarecer de fato.

Nesta segunda-feira vamos trazer mais novidades dessa tragédia.

Coronavírus: fogueiras estão proibidas em Bezerros

A Prefeitura de Bezerros determinou a proibição de fogueiras enquanto durar o estado de emergência na saúde causado pela covid-19. A medida é válida para moradores da zona urbana e núcleos urbanos da zona rural do município, e baseia-se no fato de que, muitas vezes, a fumaça das fogueiras causa problemas respiratórios, que podem se agravar em tempos de pandemia do coronavírus.

A proibição consta no Decreto Municipal nº 2.348. Vale lembrar que haverá fiscalização do cumprimento da mesma, ficando o seu infrator submetido à devida responsabilização por crime contra a saúde pública, tipificado no art. 268 do Código Penal.