Veja como ficaram ruas em Beirute após explosão em porto

O mundo acompanhou nesta terça-feira uma explosão de grande magnitude no porto de Beirute, no Líbano. As informações oficiais confirmam que toneladas de amônia estocadas no local causaram o possível acidente, mas outras hipóteses estão sendo investigadas pelas autoridades. Acompanhe nas imagens de redes sociais como ficaram ruas ao redor do centro da explosão.

Influencer que visitou 196 países visita Serra Negra

O bahiano de natureza é pernambucano de coração Anderson Dias esteve em Bezerros para conhecer a Serra Negra. Ele é responsável por visitar 196 países em todo o mundo e ficou conhecido pelo perfil no Instagram que mostrava diariamente as experiências com suas viagens.

Ao longo do dia, ele visitou diversos lugares sempre obedecendo o distanciamento social e as exigências sanitárias. Anderson também participou do programa Almoço Cultural apresentado por Serginho Brayner na 104 FM. A tal façanha de conhecer todos os países deu destaque a ele pelo Guinnes World

Coluna Politicando

Uma das coisas que mais combato na vida pública é a deslealdade. É o que no princípio básico da constituição federal se chama isonomia, que na prática quer dizer o tratamento igual entre os agentes. Esse é o principal motivo que me levará a encerra minha coluna semanal, o processo eleitoral está prestes a começar. Isso nós dar o bom senso de deixar as pessoas definirem qual veículo de comunicação seguir, aliás, como já bem disse, todos os veículos de comunicação da cidade têm seu lado partidário, tenho orgulho de dizer que essa “máscara”, caiu depois de tanta insistência minha. Bora politicar?
 
1. Paralisação – Ao longo da semana conversei com amigo Joelson Lima, jornalista e parceiro do site Bezerros Agora para dar um “stop” na nossa coluna, devido ao início do processo eleitoral. Evidente que pretendo escrever sobre política, mas para isso usarei minhas redes sociais onde serei mais direto, com opiniões mais enfáticas.
 
2. Voltando ao assunto – A coluna da semana passada foi bastante elogiada por quem gosta de uma leitura de política opinativa, aliás, como sempre digo não sou dono da verdade, mas há muita gente que tem seu pensamento igual ao meu e muitas vezes vibra ao verificar aquilo que defende ser apontado por outras pessoas. Faz parte da vida!!!
 
3. Os nomes do PC do B – O partido Comunista Brasileiro organizou a sua eleição no sigilo absoluto e apenas quando abriu a “caixa preta” surpreendeu com nomes politizados e de bom resultado com a sociedade, além de mulheres que atuam no trabalho social como de Michele e Dalvanise, os comunistas apresentaram bons nomes como o de Mikail Gobasthov e o do veterinário Ítalo Kokai, ambos com chances reais de obterem êxito no pleito 2020.
 
4. Os nomes do PT em Bezerros – Um dos principais partidos do país é o partido dos trabalhadores, ele já decidiu por apoiar a reeleição de Breno Borba, assim como o partido citado acima. Dos nomes que devem concorrer às eleições pelo PT destaco o do ex-vereador de SAPUCARANA Eugênio do PT e da líder sindical Maria de SAPUCARANA. Alias esse Distrito tem bons nomes de escolha.
 
5. O uso das redes sócias – Está mais que provado que o principal meio de mídia eleitoral será o Instagram é o Facebook, vereadores de mandatos e pré candidatos já estão se adequando às novas tecnologias com objetivo de apresentar sua carreira e sua maneira de fazer política. Mas sabemos que apenas isso não funcionará.
 
6. A forma tradicional – Outra maneira de buscar apoio é a visita, mas como realizar em meio a uma pandemia? A verdade é que a cortesia de receber “políticos” em casa, so irá acontecer se eventualmente houver nomes bons da política que faça a porta de entrada, se não for dessa forma muita gente será surpreendida com o famoso: “não está” ou até mesmo com “baque da porta na cara.”
 
7. Reconhecendo – A pré candidata Luciele Laurentino (DEM) acertou ao realizar carta de apresentação na cidade, em meio a pandemia. A forma de utilização da frase: Hô de casa, caiu bem até por ela ser de um sítio onde é corriqueiro essa maneira de chamar alguém em sua residência. Acertou na ideia, tanto que apagou o brilho de quem pensava ser o principal candidato da oposição.
 
8. O Blog da Oposição – Ao perceber que o seu pré candidato já atingiu o teto máximo de aceitação até com dificuldade de alguém que aceite seu vice. Blogs da cidade que tem participação direta com a candidatura do MDB, já tem se distanciado e exaltado o nome da candidata do DEM. Naturalmente perceber que aceitam qualquer um menos o PSB. Perguntar não ofende: porque?
 
9. Última coluna I – Ao desejar fazer a coluna desde que iniciei ano passado, pensei em como seria proveitoso nos encontrar e dialogar sobre tudo que pode ser conduzido numa página ou blog. Aliás, apenas era de costume ver um lado da moeda, e nós conseguimos desmistificar isso. Foi proveitoso e muito, porque algumas versões foram desmascaradas ao longo desse tempo.
10. Última coluna II – Meu afastamento se deve a lisura de deixar que as pessoas não se influenciem e que eu não me promova politicamente com algo que não pode acontecer. Eu até poderia por exemplo, manter uma arte ou colocar um substituto a fazer isso, mas sou do tipo que não me escondo por trás de fake news para mostrar inverdades ou fatos inexistentes. Isso aí já tem gente e grupo político daqui bom nisso, deixa que eles o façam dessa forma. Mas eu não perco tempo com isso.
 
Bônus – Gostaria de agradecer a quem nos acompanhou todo esse tempo. Como falei anteriormente, estarei nas minhas redes sociais e acompanhando de perto as coisas. Boa semana a todos!!!! Não esquece de curtir.
 
Cordial Abraço: Sandro Silva

O Sabadão – Bebuns em festa

Por Sérgio Leão

O decreto do governo do estado de Pernambuco, que autoriza a reabertura de bares e restaurantes para a próxima segunda feira, está sendo efusivamente comemorado por proprietários deste ramo comercial, que há mais de 04 meses vêm enfrentado um enorme prejuízo, em razão do decreto de quarentena e isolamento social do início da pandemia COVID 19. Mas esta comemoração pode ser motivo de muitas lágrimas futuramente, pois os frequentadores destes ambientes não serão responsáveis a ponto de obedecerem as medidas restritivas impostas no decreto, fato já verificado em outros países e estados do Brasil, onde inúmeros problemas  vem surgindo causados pela desobediência popular, tendo inclusive causado agressões verbais e físicas contra os funcionários de linha de frente responsáveis pela fiscalização para o irrestrito cumprimento das restrições. No entanto os frequentadores já estão comemorando e até preparando uma volta “triunfal” a estes locais que nada têm de essencial, especialmente os apreciadores de uma boa farra, obrigados a beberem em suas casas ou escondidos em bares abertos a meia porta; só se ouvem os comentários empolgados dos bebuns brasileiros, adeptos das mesas de bares, onde costumam extravasarem o estresse causado no dia a dia. Sendo eu também um destes frequentadores, não nego está ansioso para rever os amigos de mesas de bares e restaurantes para curtirmos bons papos e boas risadas coisas habituais nestes ambientes, onde também reinam a falsidade e a gastança inútil, embora nos proporcione prazeres momentâneos, o que não costuma acontecer no nosso cotidiano.

Em meu imaginário já posso vislumbrar a demanda da galera e a chiadeira dos que chegarem atrasados, pois a frequência não poderá ultrapassar os 50% da capacidade dos estabelecimentos, uma das exigências contidas no decreto governamental. Há quem justifique a abertura dos bares e restaurantes devido a estas exigências, porém eu não acredito que após alguns goles de bebidas destiladas e loirinhas geladas, a galera vá se comportar diferente da vida inteira de bebedeiras. A empolgação fará com que o distanciamento social se transforme em apertos de mãos, abraços e até beijos, e isso é inegável e até os mais otimistas sabem que a realidade nas mesas de bares é sempre assim, pois nem a ciência contesta esta situação que o álcool nos impõe quando ultrapassamos os limites. Outro fato irrefutável é a desobediência com relação ao uso de máscaras, ou será que existe quem pense que vamos entrar de máscaras e só tirarmos quando formos beber, no caso dos bebuns? Ora, vamos entrar de máscaras e só vamos voltar a usá-las no final da bebedeira, e olhe lá! Será uma grande oportunidade para o coronavirus se disseminar rapidamente e levar o contágio para dentro das residências, onde os que estão obedecendo a quarentena serão alvos fáceis de infecção o que certamente causará o aumento do colapso na saúde do país, embora o decreto já esteja sendo um  motivo de grande festa para os bebuns de todos os lugares.