Caruaru tem movimentação intensa no primeiro dia após fim das restrições mais rígidas

A Feira da Sulanca, em Caruaru, amanheceu nesta segunda-feira (6) com intenso movimento, mas também há fiscalização. Os comerciantes insistem em vender suas mercadorias, justificando a necessidade do sustento familiar. Este é o primeiro dia do retorno da cidade e Bezerros, ambas no Agreste de Pernambuco, ao Plano de Convivência com a Covid-19, elaborado pelo Governo de Pernambuco, após dez dias de quarentena mais severa.

O major Gibson, chefe da sessão de operações do 1° Batalhão Integrado Especializado (BIEsp), destacou em entrevista à Rádio Jornal Caruaru que a tentativa das ações de conscientização não estão encerradas por completo, e que a Feira da Sulanca ainda receberá atenção especial mesmo após o período determinado pelo Governo do Estado.

“O comerciante tem sido muito favorável, tem escutado a nossa fala. Nossas ações vão se refletir na realização da Feira da Sulanca, o Parque 18 de Maio está sendo bem policiado pela PM (Polícia Militar), também algumas ações da prefeitura locais vem ajudando nosso trabalho”, disse.

A liberação foi feita sob o pretexto de que houve redução no número de casos graves de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) nas duas cidades. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado (SES), durante o período o isolamento aumentou de 35% para mais de 50% em Caruaru, e de 32% para 41% em Bezerros.

JC

Facebook Twitter Email