Laboratório Municipal irá promover ação do Novembro Azul

O Laboratório Municipal Lindoberg Cândido de Souza, em parceria com a Secretaria de Saúde, convida os homens com mais de 50 anos de idade a realizar o exame de PSA gratuito.

A ação acontecerá no próximo sábado, dia 23 de novembro, mas você tem até a quarta, 20 de novembro, para agendar o seu atendimento: basta ir ao Laboratório Municipal com o seu cartão do SUS e um documento de identificação para garantir a sua vaga.

Cuidar da saúde também é coisa de homem. Previna-se contra o câncer de próstata!

Asa Branca solta o grito: é campeã bezerrense de 2019

A final do Campeonato Bezerrense de Futebol 2019 aconteceu ontem, dia 17, no campo do Parque Santo Amaro II e o time da Asa Branca conquistou o título de campeã bezerrense de futebol, ao vencer o time de Cajazeiras, por 4X3 na disputa por pênaltis, após empate em um tento no temo normal de jogo. O time campeão começou o jogo perdendo mas empatou em seguida, e até o final da partida as duas equipes travaram um jogo disputado mas sem muitos lances de gols. Encerrado o jogo a disputa foi para as penalidades e aí brilhou a estrela do goleiro Joseílson que defendeu duas vezes e assegurou a conquista do título.

Ao final da partida foi realizada a cerimônia de premiação, que além dos troféus de campeão e vice, também foram premiados com medalhas, os jogadores das duas equipes e ainda o artilheiro da competição, Cláudio do Santo Amaro II que marcou 10 gols, Alex e Joseílson da Asa Branca, o craque e o melhor goleiro respectivamente. O jogo marcou a presença de autoridades do esporte pernambucano, como Iane Marques, secretária de esportes da cidade do Recife, Kleber Maranhão, secretário de esporte e juventude de Bezerros, prefeito Breno Borba, secretário municipal de educação, Claudemir Venceslau e a equipe da Gerência de Esportes, composta por Edvonaldo Alexandre, Rosan Tavares e Roberto Torres. A arbitragem foi dos árbitros bezerrenses da CABF.

O Sabadão – Contagem regressiva para o palco de final de ano

Por Sérgio Leão

Faltando 46 dias para chegarmos ao último dia de 2019, já vislumbramos o cenário teatral que se aproxima, onde a peça é a vida real e os atores são as pessoas que durante os 364 dias passados, não interpretaram nem um minuto os  seus papéis como filhos de Deus. Explicitamente em cidades interioranas como a nossa, onde a imensa maioria da população não tem independência, e isso causa um estresse generalizado, pois se falta quase tudo, logicamente não há como se viver tranquilo, principalmente os que vivem  constantemente em litigio, devido suas posições políticas, e desta forma os embates verbais ou simplesmente os fuxicos, levam milhares de bezerrenses a se distanciarem uns dos outros, mesmo muitos e muitas sendo amigos (as) de longas datas. Assim forma-se um cenário de extrema escuridão, no qual se comete muitas asneiras e se comete devaneios que desagradam a Deus e mesmo assim, não atentamos para as besteiras que fazemos todos os dias, para defendermos nossas posições democráticas, que de democráticas não têm é nada. Porém o final do ano chega e depois te termos cometido uma infinidade de porcarias, no sentido espiritual, compramos sapatos e roupas novas no cartão ou no carnê e nos preparamos para o teatro da hipocrisia, quando mesmo sem poder, fazemos uma verdadeira festa de confraternização onde abraçamos as pessoas que mais falaram mal de nós e vive versa; uma heresia sem tamanho, porque já no dia 02 de janeiro, em clima de ressaca e endividamento, voltamos a praticar todos os pecados que esquecemos no final do ano: não perdoamos, não amamos, solidariedade zero,  abandono de idosos, fofocas, inveja e muito ódio no peito, de muitos daqueles que abraçamos e beijamos no dia 31 de dezembro.

E esse ano a coisa tende a piorar em razão da campanha política   que se avizinha e certamente vai proporcionar muitas contradições e intrigas entre os atores falsos do reveillon bezerrense.

Operação para prender grupo suspeito de homicídios e tráfico é realizada em Bezerros

Foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (13) a Operação “Brutus” em Bezerros, no Agreste pernambucano. As investigações começaram em setembro deste ano. O objetivo da ação foi apreender suspeitos de integrar um grupo criminoso especializado em homicídios e tráfico de drogas.

Foram expedidos quatro mandados de busca e apreensão domiciliar e quatro mandados de prisão temporária. A operação foi coordenada pela 14ª DESEC.

NE10