Com Sulanca ainda sem permissão para funcionar, movimentação é intensa no Parque 18 de maio

O movimento continuou grande na manhã desta segunda-feira (27) no entorno do Parque 18 de Maio, em Caruaru, no Agreste pernambucano. A Feira da Sulanca ainda não foi liberada pelo governo estadual, mas os sulanqueiros levaram as mercadorias para as ruas adjacentes para poderem comercializar.

Os produtos estavam nas calçadas, expostos na frente de casas e porta malas de carros. De acordo com a equipe da TV Jornal Interior, a rua Miguel de Sena registrou a maior aglomeração.

A Polícia Militar (PM) garantiu que a área da feira está controlada, mas explicaram que estão cientes da migração dos sulanqueiros para outras ruas. Na semana passada, o perímetro de fiscalização foi aumentado.

A Prefeitura de Caruaru informou que os comerciantes poderão continuar a entregar mercadorias através do programa Delivery Sulanca. Clientes e comerciantes podem agendar a retirada de produtos (comercializados por telefone ou redes sociais) no estacionamento do Polo Caruaru, às segundas-feiras, das 5h às 17h.

Ne10

O Sabadão – Os absurdos dos transgressores

Por Sérgio Leão

Há vários dias venho fazendo meu comentário nesta coluna, sempre exaltando os muitos problemas criados durante a pandemia COVID 19, e mesmo querendo mudar de assunto me vejo sendo surpreendido todos os dias com atitudes insanas de todos os tipos, tanto nos comentários chulos de muitos, quanto nas absurdas manifestações que acontecem nas ruas do Brasil envolvendo não só a caterva, como a nata podre da sociedade nacional. Esta semana a atitude bisonha de um desembargador baixinho e barrigudo (BB), na cidade de Santos, virou notícia no mundo inteiro, devido a forma humilhante com que ele tratou os funcionários da Guarda Civil Metropolitana (GCM) da prefeitura, taxando-os de analfabetos, apontando o dedo branquelo para o guarda e absurdamente rasgando a multa de R$ 100,00, a ele imposta por está descumprindo a recomendação do uso de máscara. O BB ainda teve a petulância de ligar para o secretário de saúde de Santos, tratando-o também com desdém e ainda colocando o telefone de forma brusca no ouvido do GCM, que aquela altura estava perplexo e impotente diante do representante e ao mesmo tempo transgressor da lei, debochado e sem o mínimo escrúpulo, mostrando assim que dificilmente um país como o nosso poderá se libertar destes poderosos sem pudor, que nunca são punidos exemplarmente, pois como dizia o sábio baiano Rui Barbosa, “ a pior ditadura é da (in) justiça porque não temos a quem recorrer”! Ainda esta semana circulou com destaque na internet  outro vídeo envolvendo mais um  representante da lei agredindo fisicamente e verbalmente um segurança, também por não está usando a máscara. O policial  militar transgressor, além das agressões, ainda jogou a máscara no chão e mandou várias vezes o segurança “se lascar”; e tudo isto perante uma multidão que a tudo assistia perplexa, sem contar que o seu próprio filho pequeno a tudo assistia, certamente apavorado com a atitude do pai, um péssimo exemplo.

Estas  atitudes de autoridades, que deveriam ter um comportamento totalmente contrário, são apenas duas em poucos dias, no entanto isto tem acontecido em escala crescente, todos os dias neste país sem jeito; também nesta semana uma equipe de GCMs foi agredida por jovens transgressores que estavam aglomerados e sem máscaras,  em uma praça do interior paulistano. A liberação das praias em algumas cidades tem causado uma série de problemas para os fiscais das prefeituras, que passam por inúmeras situações vexatórias quando abordam os praticantes de esportes e banhistas que teimam  em desobedecerem as recomendações e até os decretos impostos ´pelas autoridades para evitarem a disseminação do novo corona vírus que já levou mais de 80 mil brasileiros a perderem as suas vidas. Os (as) transgressores da lei têm se utilizado muito de agressões verbais para humilharem os profissionais de linha de frente como ocorreu em um bar no Rio de Janeiro, onde um funcionário da Vigilância Sanitária foi achincalhado por um casal de bêbados cariocas, enquanto médicos e enfermeiros sofrem constantemente todos os tipos de constrangimentos, praticados pela lama podre e pela nata da sociedade brasileira, habituada a cometer absurdos e transgredirem das leis deste país que envergonha o mundo. É desta forma que estamos enfrentando o inimigo poderoso e mortal, sem termos os insumos necessários, um parcela enorme da população desobediente, corruptos usando e abusando dos desvios de recursos e os absurdos dos transgressores, “cidadãos comuns e autoridades brasileiras”.

Trecho de difícil acesso em Serra Negra começa a receber calçamento

Um dos trechos mais complicados em período de chuva na Serra Negra está recebendo pavimentação de paralelo. O local fica no acesso ao Sítio da Pedra Solta, importante destino turístico de quem visita a Serra e trajeto fundamental dos moradores do entorno.

A obra foi uma parceria Prefeitura com moradores. “No inverno, muitos carros atolam por lá, então conversamos com os moradores e eles se propuseram a ajudar nesse trabalho. Estamos fazendo juntos”, disse Valtere Filho, Secretário de Obras.

Policiais e comissários do Agreste fazem rodízio de municípios após ameaças do PCC

Agentes e comissários da Polícia Civil do Agreste de Pernambuco estão pedindo para serem removidos para delegacias de outros municípios do estado por causa de ameaças que aumentaram com o avanço da organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

Os policiais estão fazendo rodízio em outras cidades. O presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (SINPOL), Rafael Cavalcanti, disse que solicitaram um reforço para as equipes para que possam continuar as investigações. “A gente continua vigilante para cobrar que o governo do estado não esqueça a situação da região e nem deixe os policiais civis à mercê dessa organização criminosa”, contou.

Através de nota, a Secretaria de Defesa Social informou que foi instituída uma força-tarefa para atuar no Agreste e estão em curso operações para desarticular o crime organizado, além de prender os suspeitos de homicídios, incluindo a ação que vitimou o policial civil Rogério Duarte, em Casinhas.

Ne10