Bolsonaro diz que alta da inflação é porque estão comendo mais

O presidente Jair Bolsonaro relacionou nesta quinta-feira (9/9) a inflação de alimentos ao aumento do consumo e consequente ganho de peso por parte da população. A declaração ocorreu durante transmissão da costumeira live pelas redes sociais.

“Aumentou a inflação no Brasil. Não vou negar que não aumentou. Por que aumentou no Brasil? Não foi só no Brasil, foi no mundo todo. O mundo todo passou a consumir mais. Além do mundo crescer em média mais de 60 milhões de habitantes por ano, ele passou a consumir mais. O pessoal ficou mais em casa”, alegou.

Bolsonaro justificou que apesar de brasileiros passarem fome, a média dos que passaram a comer mais foi maior. “Aí o povo fala: não, o pessoal passou fome. Olha, muitos brasileiros passam mal. Sei disso. Alguns passam fome? Sim, passam fome. Mas a média dos que passou (sic) a comer mais foi bem maior. Se você perguntar em casa, ou olhar para você e lembrar quanto você pesava no passado e pesa agora, na média, todo mundo engordou um pouco mais. É uma realidade. Vão querer debochar de mim, descer o cacete em mim, mas é uma realidade”, acrescentou, voltando a colocar a culpa da alta dos preços em governadores por conta de medidas restritivas adotadas na pandemia com a intenção de conter o aumento de casos de COVID-19. O presidente seguiu perguntando sobre os quilos extras de seus auxiliares.

“O Brasil passou a exportar mais. Alguns querem “segure exportação’ para baixar o preço aqui”. Quer que faça igual a Argentina fez? Ficou 30 dias sem exportar, não baixou o preço e teve desabastecimento? É o livre mercado, pessoal”.

Diário de Pernambuco

Taxa de pobreza sobe em Pernambuco

Fatores como alta nos preços dos alimentos agravam a situação

Segundo o Instituto Brasileiro de Economia, da Fundação Getúlio Vargas, quase metade dos pernambucanos se enquadram na faixa de pobreza. Os números apontam que hoje, 45% dos moradores do estado estão nesse patamar.

A alta foi de 4%, em relação ao último levantamento feito pelo Instituto. Ainda segundo o estudo, a pandemia agravou o quadro. Fatores como desemprego, redução de salário e alta nos preços dos alimentos afetaram diretamente.

Lula lidera em Pernambuco para 2022, diz pesquisa

Petista teria mais que o dobro dos votos de Bolsonaro

Uma pesquisa feita pelo Instituto Paraná Pesquisas, mostrou as intensões de votos em Pernambuco para presidente da República nas eleições do ano que vem. Segundo o levantamento, o ex-presidente Lula ganharia com folga em Pernambuco já no primeiro turno.

Os dados apontaram Lula com 49,9% dos votos, com o segundo lugar figurando no presidente Jair Bolsonaro, sem partido, com 20,7%. Ciro Gomes (PDT) surge na pesquisa com 5,5%.

Bolsonaro tem título de cidadão rejeitado na Câmara de Vitória de Santo Antão

A Câmara Municipal de Vitória de Santo Antão rejeitou o Projeto de Decreto Legislativo (004/2021) que concederia o título de cidadão ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). Para ser aprovado, o PDL de autoria do vereador Marcos da Prestação (Republicanos) teria que receber a maioria dos votos dos vereadores presentes. Na sessão plenária realizada nesta quinta-feira (2), apenas três vereadores votaram a favor da concessão da honraria e 13 votaram contra.

Do lado de fora da Casa legislativa, um grupo de manifestantes protestou contra a homenagem. Diante da polêmica, o presidente da Câmara André de Bau (PSD), que não possui poder de voto, chegou a sugerir a retirada do projeto, fazendo um alerta a respeito da votação que ocorre às vésperas do dia 7 de setembro, onde serão realizadas diversas manifestações a favor de Bolsonaro.
Do JC