Coluna Politicando

A corrida eleitoral promete ser uma das mais “esquentadas” dos últimos 12 anos. Com o avanço do uso de aplicativos e redes sociais, denúncias e criação de fatos serão argumentos para muita gente. Hoje o cidadão comum com um celular é um mero denunciante e cobrador dos serviços da rede pública, o que mostra que a classe política precisa estar mais atenta as promessas que venham a assumir em público durante o pleito eleitoral. É importante que o eleitor esteja atento também com as exposições dos veículos de imprensa da cidade muitos delas “eleitoreira”. Quem acompanha minha coluna aos domingos sabe que é opinativa, sabe também que tenho meu lado político que nunca escondi como alguns fazem, e que isso não me exime de dar meu ponto de vista dos fatos. Vamos politicar?

1. Contra Fatos não há argumentos, será mesmo? – Essa semana o presidente do poder legislativo declarou apenas confiar em três veículos de imprensa (Bezerros Hoje/PH Bezerros e Portal Bezerros), dizendo que os demais não passam credibilidade. Os veículos citados são os mesmos que receberam ajuda institucional durante o governo de Branquinho, e que foi cortado por Breno Borba, e iniciando assim uma enxurrada de ataques. O proprietário do PH por exemplo é funcionário da câmara de vereadores e isso demonstra a proximidade com o presidente do poder. E como para fatos não há argumentos a declaração demonstra o quanto os veículos estão ligados ao adversário do atual poder, e isso mostra o motivo das matérias que afeta diretamente a gestão Breno Borba. Deu pra sentir o unidade agora?

2. Time do Ferroviário – Estranhamente seguidores e amigos da pré-candidata a Prefeitura de Bezerros, Lucielle, não gostaram de saber que sua aparição em rede social ao lado do time do Ferroviário, poderia dar um sinal de apoio político para a campanha desse ano. Alguns entraram em debate numa postagem do site onde se especula, livremente, se há ou não um apreço do recém formado time pela candidatura da Democrata. Notícia normal de cunho jornalístico, que convive numa democracia e respeita as opiniões e posicionamentos de figuras públicas. O time do Ferroviário, por sua vez, publicou nota de repúdio à imprensa que faça qualquer menção a seu respeito que esteja sujeito a apoiar candidato A ou B. Cabe ressaltar que a luta em trazer um clube conhecido da torcida pernambucana é mérito de fato dos que trouxeram e repudiar a imprensa que sempre apoia iniciativas assim, não é uma atitude sabia.

3. Redução do Salário dos Vereadores parte I – Essa semana não se comentou outro assunto que não tenha sido o corte dos salários dos vereadores, e isso é muito obvio que 100% do eleitorado concorda com a medida, mesmo sabendo que o político mais próximo da população o desgaste eleitoral é grande, e a sociedade nunca estará por satisfeita. Mesmo sabendo que na casa legislativa há gente séria e gente que não merece está por lá. Agora é preciso entender alguns pontos nesse corte, dentre eles o porque nunca se pensou isso antes embora sabendo que alguns do legisladores de lá inclusive o autor da lei já está em seu terceiro mandato. Faltou tempo para pensar que essa medida é de tamanha importância, ou os riscos com a reeleição o fez tomar essa medida.

4. Redução do Salário dos Vereadores Parte II – É cabível realizar algumas medidas para que os cortes com os custos que o poder legislativo realiza, sejam fato consumado. Uma medida de tamanha eficiência seria os gastos com assessores, com diárias, com congressos e até mesmo já na lei dos cortes dos seus salários indicar para que setor o prefeito deveria realizar os investimentos, por exemplo: a economia gerada deverá ser designado em percentuais para entidades carentes através de convênios (como o asilo de Encruzilhada), ou até mesmo as ONGS de animais. O leitor precisa saber que os cortes dos salários se existir não será corte da receita da Câmara, o repasse que o poder executivo faz é Constitucional e isso cresce a cada ano conforme a receita do ano anterior.

5. Redução do Salário dos Vereadores Parte III – Para finalizar, eu fiquei surpreso com a mídia bezerrense dando destaque a essa redução salarial o qual eu confesso que sou a favor. O que faltou se pensar é que os cortes podem acontecer essa semana justamente faltando alguns dias para os pré candidatos estarem filiados aos partidos e disputarem as eleições; esse prazo encerra dia 04 de abril. O engraçado é que essa medida pode ser mudada pelos próprios vereadores até junho desse ano. Ou seja aprova agora, muitos desistem de concorrer deixando assim a disputa menos acirrada!!! E em junho com menos possíveis candidatos, desmotivados pelos salários pequenos se aumenta o salário, já que a concorrência diminui e a reeleição de alguns seria de certa forma mais fácil. Pensem comigo, isso seria uma pegadinha produção? Evidente que não são todos que pensam assim, mas uma parte é possível que SIM.

6. A coberta da Maternidade – Na semana passada nos deparamos com a notícia que parte da estrutura do telhado da Unidade Mista São José havia desabado. Por sorte de todos que precisam daquele centro hospitalar ninguém saiu ferido. O que falar de uma estrutura de 60 anos que nunca obteve reparos, entrou prefeito e saiu prefeito e ninguém nunca teve olhos para essa manutenção. O fato é que a bomba estourou nas mãos de Breno Borba que ao saber do acontecimento logo cuidou de buscar ajuda junto ao governo do estado, e após laudo técnico percebeu que todo o detalhado está condenado e que fazer toda essa reforma custará aos cofre públicos quase meio milhão. Com isso todos os serviços ali realizado foi transferido para UPA e as cirurgias serão suspensa.

7. Mudança para UPA – O diretor médico Dr. Sidney deu um exemplo de compromisso com a cidade, ao receber a notícia de que parte do telhado havia desabado se juntou aos funcionários para realizar a mudança. Diferentemente de outras pessoas que foram para as rede sociais querer crescer com os acontecimentos negativos, ele deu exemplo de responsabilidade com os pacientes, os funcionários da unidade observou que o médico participou ativamente da mudança inclusive buscando os móveis de uma unidade para outra, até o momento nenhum político o concedeu voto de aplausos por tamanha atitude, estranho isso não é? Infelizmente há quem queira crescer na política com ocorrências negativas, não ajuda mas quando é para atirar pedra, são exemplos.

8. Radio funcionará no prédio novo – A emissora comunitária 104 FM se reuniu essa semana e em comum acordo já marcou a data de mudança para abril desse ano, na ocasião se falou do envolvimento político partidário que alguns apresentadores possui. O que a associação Miriam decidiu foi afastar todos eles dos programas para que não causem nenhum dano as funcionalidades da rádio. Com essa medida a programação terá novos apresentadores e será alterada em quase todos os horários. A alteração realizada com essa medida já demonstrará pelo menos 3 nomes afastados que possivelmente serão candidatos no pleito desse ano, na próxima semana eu farei questão de já adiantar isso para nosso leitor semanal.

9. Programa Política em Foco – Um grupo de amigos se juntaram essa semana para estrear no canal de facebook um programa de jovens discutindo a política, eu achei uma idéia bacana que merece meu respeito, sinceramente eu me enxerguei fazendo isso há anos atrás. Porém vou conceder minha opinião em relação aos fatos tratados. Inicialmente o canal precisa ter cuidado para não fazer como um canal da cidade, denominado TV Imprensa, semanalmente levava apenas um pré-candidato a prefeito aos debates, tanto que cansou os telespectadores. Outro cuidado é obter uma pauta semanal em que os apresentadores estudem e busquem informações pertinentes sobre o que será discutido, na estreia deu para notar que alguns estavam sem conhecimento dos temas abordados, por fim eu desejo que a idéia pegue e vejo vocês como o futuro da nossa política. É sempre bom ver novos protagonistas da política na cidade.

10. Reunião entre os Secretários – Com o decreto do governador Paulo Câmara que proíbe a realização de eventos no estado para um público superior a 500 pessoas. O prefeito Breno Borba reuniu os secretários na manhã deste domingo para tratar do assunto, com essa medida havia um planejamento da realização do evento Semana Santa na Serra e ainda das festividades de Emancipação Política e que deve ser cancelada. Se até meados de maio as coisas persistirem colocam em risco ainda a realização das festividades de Serra Negra. Confesso que é acertado, já que alguns casos são dados como positivos em Pernambuco, já que no período de junho o clima esfria e os riscos com o contato de estrangeiro na região nordeste aumenta, justamente para conhecer a cultura das festividades junina.

Como sempre digo aos domingos, não esquece de curtir. E antes de esquecer o espaço não é de debates então sua opinião em determinado tópico aqui é livre!!! Você pode também marcar o tópico que mais te chamou atenção, aquele que para você foi uma novidade.
Até domingo que vem!!!

Facebook Twitter Email