O Sabadão – Um míssil chamado Tonca

Por Sérgio Leão

Desde o início da troca de farpas entre o Deputado Federal, João Campos e seu tio Antônio Campos, que a bosta vem aumentando a fedentina e muitas coisas estarrecedoras estão vindo a tona, sobre a família do ex governador Eduardo Campos, pai de João e irmão único de Antônio, docemente chamado pela mãe Ana e pelo irmão Dudu, de Tonca. Com a briga tendo capítulos diários, dignos de famílias sem amor nem pudor, o grande jornalista sertanejo pernambucano, Magno Martins, tomou a inciativa jornalística de investigar minunciosamente o assunto, conversando com mais de 40 pessoas do convívio dos envolvidos na baixaria elitista. Após ouvir vários relatos reveladores e estarrecedores, Magno produziu reportagem em três capítulos, mostrando o terrorismo e as inúmeras falcatruas cometidas pelo clã de Dudu, o Galego governador de Pernambuco, intitulada: UM MÍSSIL CHAMADO TONCA!

É gravíssima a história de ódio entre esta família e segundo a reportagem tudo é comandado pela fria Renata Campos, viúva de Eduardo Campos, que entre outras maldades fez o seu Galego dos olhos azuis se afastar do irmão Tonca e da mãe Ana Arraes, por quem nutria verdadeiro desprezo. Dominadora e astuciosa, a viúva nariguda sempre comandou o maridão e dele exigiu que as finanças do estado e do Ministério da Ciência e Tecnologia, onde foi ministro, fossem comandadas por um tal de Aldo Guedes, casado com uma prima; estranhamente, após a morte de Eduardo, esse elemento sumiu com a tal prima de Renata e foi habitar em países europeus e até na China. Os relatos mostram que todo ódio de Renata se deu por ser Tonca um farrista e raparigueiro, o que a fazia temer a companhia do seu Galeguinho do zóio azul, junto ao maninho boêmio, e daí ela obrigou o marido a se afastar do irmão único e consequentemente criou entre eles uma grande animosidade.

Para manter as aparências, Renata calculista, simulou um apoio a Tonca , quando este foi candidato a prefeito de Olinda, mas por debaixo dos panos pactuou, juntamente com Geraldo Júlio, a vitória de outro candidato. O fedelho João Campos, segundo os depoimento dos convivas nada mais é do que um produto da mãe e ao atacar o tio, foi imediatamente aparteado pela avó Ana Arraes, deputada federal e ministra do TCU, que exigiu dele respeito pelo filho Tonca, enquanto este ofendido resolveu botar a boca no mundo e agora o Blog do Magno, um dos mais acessados do Nordeste está mostrando a verdadeira pocilga de uma família que sempre ostentou o poder em Pernambuco mas em seus lares sempre reinou a desonra, culminado agora com 09 investigações das criminosas ações contra o dinheiro público, entre elas fraudes em processos licitatórios de merenda escolar e compra de materiais para estabelecimentos hospitalares, o que afeta diretamente o povo pobre de Pernambuco. Ainda se ventila a frieza da viúva dominadora, no sepultamento do então candidato a presidência do Brasil, Eduardo Campos. E vcs, leitores do Sabadão, acessem o Blog do Magno, e ai vcs terão uma ideia da gravíssima situação que a família de Dudu está submetida em 09 investigações que certamente farão a bosta feder mais ainda.

Facebook Twitter Email