Cirurgia vascular pelo SUS no Hospital Jesus Pequenino

“Começamos hoje mais um etapa da nossa expansão, além de atender com cirurgias vasculares aos planos de saúde ( Sassepe , Unimed e outros planos ) e Consultfacil, começamos esse serviço agora pelo SUS com 10 leitos e com proposta de expansão futuramente.” Afirma Dr Sidney Ribeiro.

“Renovamos a equipe e trouxemos profissionais que atendem em vários serviços de referência na região. “ completa Dr Sidney Ribeiro.

Quem esta à frente do serviço de Cirurgia Vascular Dra Raissa Rocha já atua na Região em outros hospitais de Referência.
Esse novo serviço configura o Hospital Jesus Pequenino como Referência em serviço Vascular na região do Agreste.

“Implantamos um serviço Vascular em resposta a uma necessidade da população do Agreste que muitas vezes precisavam ir para Recife para ser atendido pelo SUS.” Afirma Dr Sidney Ribeiro.

Assessoria HJP

Bolsonaro veta artigo de projeto para distribuição de absorventes às mulheres carentes

Bolsonaro sancionou o projeto, criando o Programa de Proteção e Promoção da Saúde Menstrual, mas vetou o artigo 1º, que previa a distribuição gratuita de absorventes higiênicos femininos, e o artigo 3º, que estabelecia a lista de beneficiárias:

– estudantes de baixa renda matriculadas em escolas da rede pública de ensino;
– mulheres em situação de rua ou em situação de vulnerabilidade social extrema;
– mulheres apreendidas e presidiárias, recolhidas em unidades do sistema penal;
– mulheres internadas em unidades para cumprimento de medida socioeducativa.
O presidente vetou, ainda, o trecho que incluía absorventes nas cestas básicas distribuídas pelo Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional.
Bolsonaro argumentou, entre outros motivos, que o projeto aprovado pelo Congresso não previu fonte de custeio para essas medidas.

O texto aprovado previa que o dinheiro viria dos recursos destinados pela União ao Sistema Único de Saúde (SUS) – e, no caso das presidiárias, do Fundo Penitenciário Nacional.

A medida tem como objetivo combater a precariedade menstrual, identificada como a falta de acesso ou a falta de recursos que possibilitem a aquisição de produtos de higiene e outros itens necessários ao período menstrual.

Do G1

Ex-vocalista da banda Noda de Caju morre em acidente

O ex-vocalista da banda de forró Noda de Caju morreu em um acidente na noite da terça-feira (5), na BR-232, em Pesqueira, no Agreste de Pernambuco.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Cláudio Francisco de Spíndola, de 50 anos, estava sozinho no carro quando perdeu o controle da direção. O veículo capotou várias vezes e parou somente ao bater em uma cerca de arames de uma área rural. O vidro da frente estourou e ele foi arremessado.

O corpo de Claudinho, como era conhecido, foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru. O sepultamento será em Sanharó.

Do G1