Câmara aprova reforma administrativa

A Câmara Municipal aprovou, em duas votações, por unanimidade, nesta terça-feira (05), o Projeto de Lei Complementar, Nº 003/2021, enviado pela Prefeitura de Bezerros, que prevê a Reestruturação Administrativa e tem como objetivo reorganizar e atualizar o organograma das secretarias municipais, os cargos comissionados e melhorar a qualidade dos serviços públicos que impactam diretamente na vida da população bezerrense.

Com a aprovação da Câmara Municipal, o PL segue para sansão da prefeita Lucielle Laurentino, nos próximos dias. A lei entra em vigor a partir de 1º de janeiro de 2022, permitindo que Poder Executivo reorganize o organograma das secretarias, bem como a mudança de nomenclatura e correção da defasagem nos salários dos servidores comissionados.

De acordo com a reestruturação proposta pela prefeitura, por exemplo, a atual Secretaria de Obras e Serviços Públicos passará a ser uma única secretaria, denominada Secretaria de Infraestrutura. Já a Secretaria de Administração e Finanças será dividida em duas pastas, uma sendo a Secretaria de Administração e Inovação e a outra Secretaria da Fazenda. A Secretaria de Governo, Planejamento e Gestão Estratégica, por sua vez, passa a ser apenas Secretaria de Governo, além da pasta de Esporte e Juventude tornar-se uma gerência vinculada, conforme normativa federal, a Secretaria de Cidadania.

Assessoria Prefeitura 

Saiba o que causou a pane nas redes sociais ontem

Os aplicativos WhatsApp, Facebook e Instagram ficaram fora do ar por aproximadamente seis horas na última segunda-feira (4). A “queda”
das redes sociais fez com que os internautas migrassem para outras plataformas, como Twitter e Telegram, que também acabaram apresentando instabilidade durante o dia.

De acordo com Dane Knecht, vicepresidente da empresa de servidores Cloudflare, o motivo da queda global do Facebook e suas aplicações tem
a ver com o DNS e que “as rotas BGP” da empresa “foram retiradas da internet”.

O DNS, que significa Domain Name System ou Sistema de Nomes de Domínios é uma espécie de computador com banco de dados. Ele é responsável por
relacionar o endereço “nominal” (como ne10interior.com.br, por exemplo) com o endereço real (número de IP, de Internet Protocol).
Quando ocorre a falha no DNS, significa que o endereço IP fica fora do alcance.

O BGP, que significa Border Gateway Protocol ou Protocolo de Portão de Fronteira, é como se fosse um GPS que mostra qual a rota que os dados
devem trafegar para chegar ao destino escolhido. Com o BGP fora do ar, que é o que parece ser o caso do Facebook, a plataforma fica “sem
direção”. Dessa forma, não é possível montar o caminho entre o usuário e o serviço que ele quer acessar.

Começa a valer limite de transferência Pix à noite

Começa a valer nesta segunda-feira (4) o limite de R$ 1 mil para transferências e pagamentos realizados por pessoas físicas das 20h às 6h, incluindo o PIX. Pessoas jurídicas (empresas) não serão atingidas com a medida.

O limite poderá ser alterado a pedido do cliente, através dos canais de atendimento eletrônicos. Porém, a instituição financeira deve estabelecer prazo mínimo de 24 horas para a efetivação do aumento.

Segundo o Banco Central, os bancos devem oferecer aos seus clientes a opção de cadastrar previamente contas que poderão receber transferências acima dos limites estabelecidos.

A limitação de transferências e pagamentos é uma das medidas anunciadas pelo Banco Central para tornar o PIX mais seguro e reduzir a vulnerabilidade dos sistemas às ações de criminosos.

Pernambuco recebe mais 202 mil doses da Pfizer

No início da tarde deste sábado (02.10), chegaram a Pernambuco mais 202.410 doses de imunizantes da Pfizer/BioNTech. A nova oferta de vacinas vai possibilitar ao Estado o início da aplicação de doses de reforço nos profissionais de saúde e em pessoas acima dos 60 anos de idade, além de proporcionar a complementação de outros esquemas vacinais. A remessa dos imunobiológicos chegou ao Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre, às 13h20, e seguiu para sede do Programa Estadual de Imunizações (PNI-PE), para conferência e separação para encaminhamento às Gerências Regionais de Saúde (Geres).

A inserção dos novos grupos que receberão a dose de reforço foi discutida com os integrantes do Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação, e pactuada com os gestores municipais em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), realizada na sexta-feira (01.10).

“A partir do recebimento das doses, cada município do Estado poderá colocar em prática sua estratégia de ampliação da campanha, visando garantir o acesso a vacina. Em relação à aplicação das doses de reforço dos trabalhadores de saúde, ficou acertado que o Estado realizará as ações junto aos trabalhadores da rede estadual e os municípios devem ficar responsáveis pelos serviços sob sua gerência”, destacou a superintendente de Imunizações do Estado, Ana Catarina de Melo.

Desde o início da campanha, em janeiro deste ano, Pernambuco já recebeu 13.028.310 doses de vacinas contra a Covid-19. Desse total, foram 4.531.670 da Astrazeneca/Oxford/Fiocruz, 4.481.720 da Coronavac/Butantan, 3.841.110 da Pfizer/BioNTech e 173.810 da Janssen.