Policiais e comissários do Agreste fazem rodízio de municípios após ameaças do PCC

Agentes e comissários da Polícia Civil do Agreste de Pernambuco estão pedindo para serem removidos para delegacias de outros municípios do estado por causa de ameaças que aumentaram com o avanço da organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

Os policiais estão fazendo rodízio em outras cidades. O presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (SINPOL), Rafael Cavalcanti, disse que solicitaram um reforço para as equipes para que possam continuar as investigações. “A gente continua vigilante para cobrar que o governo do estado não esqueça a situação da região e nem deixe os policiais civis à mercê dessa organização criminosa”, contou.

Através de nota, a Secretaria de Defesa Social informou que foi instituída uma força-tarefa para atuar no Agreste e estão em curso operações para desarticular o crime organizado, além de prender os suspeitos de homicídios, incluindo a ação que vitimou o policial civil Rogério Duarte, em Casinhas.

Ne10

Facebook Twitter Email